Resenhas

Resenha – A sutil arte de ligar o f*da-se

A sutil arte de ligar o f*da-se

Uma estratégia para uma vida melhor

Autor: Mark Manson

Quais são as suas batalhas? Do que você não abre mão? Quais são os seus valores fundamentais? Para não cair num círculo vicioso infernal, Mark Manson no livro A sutil arte de ligar o f*da-se sugere lidarmos abertamente com nossas inseguranças. É preciso saber o que é mais importante na nossa vida e o que é simplesmente insignificante.

É saber que errar é permitido e nem por isso iremos nos perder no caminho ou nos destruir por causa disso. É entender que não existe uma vida perfeita e que mesmo aquelas pessoas que APARENTEMENTE tem uma vida de sonhos também tem problemas e insatisfações.

Compreender que o fracasso deve ser encarado de peito aberto e que nos nossos maiores baques podem estar nossas maiores guinadas, nossas maiores transformações. Exatamente porque ligamos o botão do f*da-se e fomos lá e fizemos. Demos o primeiro passo. Saímos do marasmo. Não nos deixamos corroer por dentro nem nos abalar por pequenos aborrecimentos do cotidiano. Assumimos uma postura mais segura, confiante, agradecida e até despreocupada. Fizemos alguma coisa!

“O segredo para uma vida melhor não é precisar de mais coisas; é se importar com menos, e apenas com o que é verdadeiro, imediato e importante.”

Mark Manson nos lembra de que temos coisas demais. Acumulamos tralhas. Temos muitas oportunidades, mas não sabemos identificar o que é mais valioso para nós mesmos. Daí a importância de canalizar o nosso pensamento, treinar nossa mente para o que realmente importa. Segundo ele, a felicidade está em resolver problemas.

“A verdadeira felicidade só se dá quando você descobre quais problemas gosta de ter e resolver.”

“Qual dor você quer na vida? Pelo que você está disposto a lutar?”

Mark afirma que a felicidade requer algum esforço, comprometimento.

“O compromisso liberta porque deixamos de lado as distrações com o que é insignificante e frívolo. Liberta porque foca nossa atenção, nos direcionando ao que é mais eficiente em nos tornar saudáveis e felizes.”

E tudo bem se você ainda não souber quem você é ou que realmente está fazendo. Todos nós passamos por crises existenciais, espirituais, que vão muito além de crises simplesmente materiais.

“A sensação de não ter a menor ideia do que está fazendo permanecerá. Nunca esqueça isso. E nunca, jamais, tenha medo disso.”

Oi, gente! Quero conversar com vocês sobre histórias, emoções, amor e outros causos. Vamos nessa?!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *