Bons amigos

Pexels
Pexels

O final do ano está se aproximando. No shopping center, a decoração natalina já tomou forma com a instalação da árvore de Natal e a chegada do Papai Noel. Logo nos despediremos de mais um ano. Sei que não posso reclamar. A vida sempre foi boa para mim. Na minha lista de desejos já risquei os mais importantes. Ao menos os três do topo da lista já tive a sorte e o prazer de ver realizados. A vida segue generosa comigo e com os meus.

E eis que finalizo mais um ano com você ao meu lado. Não da forma como eu imaginaria ou desejei logo que passei a te olhar como mais que uma amiga. Não é como eu gostaria, mas você esteve ao meu lado. Como poucos, você participou da minha vida. Ouviu os meus anseios, minhas dúvidas e medos. Mesmo na ausência, você se fez presente. Ainda que distante, deu um jeito de entre palavras não ditas e sorrisos inacabados me mostrar que estava ali. Sempre esteve.

Aqueles beijos que não demos e os abraços desfeitos ainda me doem. A sua frieza enquanto eu falava que estava apaixonada por você ainda deixa marcas no meu coração. Não importa que você ainda esteja comigo. Essas sensações também ainda fazem morada em mim.

Prometi que não mais te criticaria e assim o tenho feito. Disse tudo que estava em meu coração e desde então fiquei mais leve. Mais senhora de mim. A dona da p… toda como o pessoal diz por aí. Ganhei força e resisti.

Hoje te vejo mais como um amigo. Ainda tenho sentimentos por ti, mas aprendi a viver sem esperar ver o amor brotar em ti. Acho que desisti. Cansei. Agradeço tua companhia e no próximo ano não desejarei ver nossa amizade transformada em relacionamento. Deixa do jeito que está. Só dois bons amigos e nada mais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *