A lição do pitbull

Ontem fui caminhar na praia e notei uma concentração de pessoas se posicionando em frente aos carros. Havia uma grande faixa cujas letras não conseguia ler da distância que estava. Fui me aproximando e então percebi que era um grupo acompanhado de cães da raça pit bull.

Conhecida pela agressividade, a raça é temida por muitos que não se arriscam, por exemplo, a passar pela mesma calçada. Curiosa como sou e apaixonada por animais, interrompi a minha caminhada para contemplar os filhotes e outros cachorros já maiores.

Na faixa, havia um pedido sincero. O apelo era para que a sociedade não julgasse pela raça. Nesse caso, seria a criação que determinaria o perfil do animal. Havia crianças, jovens e famílias. Não havia medo. Não havia tumulto nem mesmo latidos.

O amor e carinho que esses cães recebem daqueles que os alimentam e protegem é o que fica. Quantas vezes julgamos pela aparência? Quantas vezes nos afastamos de pessoas – e animais – apenas porque temos preconceito – pré-conceitos. Na vida, temos que ter sempre o coração aberto para o bem e o amor.

freedigitalphotos.net
freedigitalphotos.net

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *